Moisés Gomes (1937-2020)

Moisés Gomes (1937-2020)

Moisés dos Santos Gomes nasceu a 1 de Julho de 1937, em Leiria, terceiro de oito filhos do casal Fabrício e Piedade Gomes, membros da Igreja Baptista de Leiria. Numa família de parcos recursos, Moisés conciliava os estudos com o auxílio ao pai na oficina de automóveis.

Aos 19 anos, desafiado por João Jorge de Oliveira , um dos pastores e missionários batistas pioneiros em Portugal, viaja para os Estados Unidos para estudar engenharia mecânica na LeTourneau College, no Texas, curso que não chega a concluir.

Tendo decidido dedicar-se inteiramente ao serviço cristão, Moisés estuda humanísticas (Southwest Baptist University, Missouri) e psicologia (Oklahoma Baptist University), para posteriormente obter o grau de mestre em divindades (Southwestern Baptist Theological Seminary, Texas), iniciando mais tarde o doutoramento em Teologia (Dallas Theological Seminary, Texas).

A 28 de Agosto de 1965 casa com Rosemary Lee Starkey, enfermeira que se tinha voluntariado para ser missionária em África.

Em 1967, desafiado por Samuel Faircloth, que fundara entretanto o Movimento Promotor de Evangelização, regressa a Portugal para dirigir o trabalho da Mocidade para Cristo (Youth for Christ). Com fortes ligações ao movimento de evangelização mundial iniciado por Billy Graham, nos Estados Unidos, a Mocidade para Cristo tinha sido estabelecida em Portugal em meados dos anos 1950, mas só com Moisés Gomes veio a adquirir estrutura e atividade regular. Entre muitas iniciativas que mobilizaram a juventude evangélica em Portugal, ao longo de 23 anos, Gomes organizou campos bíblicos, inicialmente em Água de Madeiros e durante duas décadas em Vila Nova de Mil Fontes, no Acampamento Caravela, espaço propriedade da TEAM (The Evangelical Alliance Mission), que ali também promovia os seus campos bíblicos. Sendo um ministério interdenominacional, o trabalho da Mocidade para Cristo reunia ao longo de todo ano jovens de diversos ramos do meio evangélico português, espalhados por todo o país.

Ao deixar o trabalho da Mocidade para Cristo, Moisés Gomes assume em 1990 o pastorado da Igreja Baptista de Alcobaça que acumulará durante alguns anos com o da Igreja Baptista da Nazaré. Em Alcobaça dedica-se à evangelização e ao trabalho social com crianças, criando em 1993 a Fundação Vida Nova. Permanece como pastor da igreja até 2009.

É eleito para o triénio 1999-2001 presidente da Aliança Evangélica Portuguesa , sucedendo a José Dias Bravo. Foi ainda professor do Seminário Teológico Baptista e do Instituto Bíblico Português, lecionando diversas disciplinas nas áreas de evangelização e aconselhamento. Foi ainda membro da direcção da Sociedade Bíblica de Portugal.

Moisés dos Santos Gomes faleceu a 18 de Abril de 2020, em Kalamazoo, nos Estados Unidos, onde residia desde a sua aposentação.